E se você descobrisse que está ingerindo calorias extras sem ao menos notar? Impactante, não é?

Todo alimento possui valor nutricional?

Para que um alimento tenha valor nutricional para o ser humano, ou seja, macronutrientes e calorias, basta ele ser UM ALIMENTO metabolizado por nós!

Parece óbvio, não é? Em um primeiro momento, pensamos ter o domínio completo do que é ou não um alimento. Mas, olha só: quando pensamos em alimento, logo nos vem à mente o arroz e feijão, os ovos, um chocolate, uma torta de frango, uma fruta docinha, um sorvete… a lista é enorme!

pasted image 0

Mas o que raramente passa pela nossa cabeça quando pensamos nesse conceito são os alimentos LÍQUIDOS! Isso mesmo! Observe que demoramos a pensar sobre o tradicional suco de laranja, a água de coco, o café com leite, o suco verde, a vitamina, que acompanham nossa rotina!

Pois então, querida! Por mais que tais alimentos sejam compostos majoritariamente por ÁGUA e não tenham componentes perceptivelmente SÓLIDOS, nosso corpo reage a eles como a qualquer outra COMIDA! Afinal de contas, não é porque a laranja foi espremida que deixou suas calorias para trás; não é porque a água de coco tem sabor suave que ela não tem carboidratos e gorduras.

Desprezar o valor nutricional das bebidas que consumimos rotineiramente é dar chance para deixarmos de ter resultados na dieta — ou, ao menos, desacelerá-los. Por isso, destaco a importância de nos atentarmos para o consumo de tais alimentos e registrá-los no MyFitnessPal, como qualquer outra comida.

A seguir, veja a composição das bebidas mais comuns no dia a dia. Note como o teor de carboidratos, principalmente, pode ser expressivo! Fiz uma comparação com o arroz branco cozido para termos uma ideia de equivalência calórica.

Composição das bebidas mais consumidas

Ref: Base de dados MyfitnessPal. Disponível em: <https://www.myfitnesspal.com/pt/food/search>. Acesso em 20/03/19

Passamos pelos sucos e suas variações, pelo leite e pelas bebidas carbonatadas (refrigerantes) mais comuns no Brasil! A imagem abaixo deixa ainda mais claro que altos valores calóricos não são diretamente relacionados com saudabilidade! Uma bebida considerada saudável, como o suco de laranja integral pode ser tão calórica quanto os abominados refrigerantes!

Espac o reservado para texto

Claro, SEMPRE buscamos realizar escolhas saudáveis, mas precisamos ter em mente que o saudável pode estar bem longe de ser leve/light/low carb/low fat/pouco calórico.

Calorias líquidas são calorias, não adianta teimar!

É por isso que devemos prestar atenção e criar o hábito de registrar todas as bebidas que consumimos, sejam elas preparadas em casa, vindas direto da fruta para o copo ou enlatadas/engarrafadas.

De hoje em diante, ninguém vai deixar o suquinho de laranja de fora dos macros não é? Para contabilizá-los, basta procurar pelo alimento no aplicativo, selecionar boas fontes de informação (Tabela Taco, marcas conhecidas) e inserir a quantidade consumida do alimento (em mililitros, copos ou gramas).

pasted image 0 1

Muito bom, querida! Essa atenção é um grande passo para a conquista de nossos objetivos estéticos! Em pouco tempo, você notará como as calorias líquidas podem tomar boa parte do seu saldo diário de macronutrientes.

E aí que vem o QUESTIONAMENTO: até que ponto as calorias líquidas valem a pena?

Desapegue das bebidas, desapegue do peso! 

Qualquer uma de nós que já passou por uma fase de cutting/restrição calórica (visando perder peso e/ou medidas) sabe como pode ser difícil comer tudo dentro dos macros, sem ultrapassar nenhuma das metas! Sabemos que tem horas que a fome bate mesmo, e que se pudéssemos arrumar uma forma de consumir mais alimentos, nós o faríamos!

POIS, ENTÃO! Talvez essa seja a hora de colocar suas calorias líquidas da rotina em questionamento! Que tal substituir o suquinho do almoço por um copo de água, um suco mais leve ou até mesmo uma bebida zero caloria***?

Ao remover as calorias líquidas da dieta rotineira, criamos espaço para substituições! Podemos consumir os macros, que estão na forma líquida, na forma de alimentos sólidos e mais volumosos, que podem melhorar nossa saciedade, reduzir nossas fomes loucas e os consequentes riscos de ultrapassar os macros diários! Observe o exemplo abaixo e também o comparativo calórico da tabela A.

Design sem nome 2

Olha só, que troca vantajosa!

E não se preocupe, os micronutrientes presentes podem ser obtidos em alimentos sólidos como as próprias frutas e outros vegetais! Caso você esteja com déficit em algum micronutriente (diagnóstico médico), procure por alimentos sólidos que sejam fonte deles!

Para Finalizar

Com o post de hoje, aprendemos que reconhecer o real valor nutricional das bebidas é fundamental! Entendemos que desprezar suas calorias pode nos distanciar da perda de peso desejada.

Mesmo sendo líquidas, as bebidas podem possuir muitas calorias vindas, principalmente, de seu conteúdo de carboidratos e, em alguns casos, gorduras. Não tem como ignorar os fatos, né?

Aprendemos também como podemos melhorar nossa prática da Dieta Flexível através do registro adequado das bebidas ingeridas nos aplicativos de contagem de macronutrientes.

E mais! Refletimos sobre o papel das calorias líquidas no processo de emagrecimento, questionamos sua necessidade e propusemos trocas conscientes, que podem nos aproximar muito de nossos objetivos estéticos e de bem-estar.

E você?

Depois de tomar consciência sobre as calorias líquidas, qual a bebida que você vai abandonar para deixá-la mais perto dos seus resultados, a partir de hoje?

DICAS & CONCEITOS IMPORTANTES

1 – ÁGUA

2 – BEBIDAS “NATURAIS” COM MACROS “MARA

3 – CONVERSÕES

4 – DIFERENÇAS ENTRE SUCO, NÉCTAR E REFRESCO

https://www.cocacolabrasil.com.br/historias/del-valle-suco-nectar-ou-refresco-saiba-diferenciar-esses-tres-tipos-de-bebidas-com-frutas

http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2009/decreto/d6871.htm

5 – BEBIDAS ZERO CALORIAS OU ZERO AÇÚCARES (***)

http://www.fao.org/3/CA0925EN/ca0925en.pdf

http://portal.anvisa.gov.br/alimentos/aditivos-alimentares